Figura da Jornada 4 da LNFS



Tivemos este fim-de-semana em Espanha a 4ª jornada da LNFS, sendo esta uma jornada com alguns jogos muito desnivelados, e outros jogos de grande emoção.

Começamos por falar nas maiores goleadas da jornada, o líder Barcelona segue invicto e venceu por 8-1 a equipa do Naturpellet Segovia. Esquerdinha bisou, e Ferrão voltou a marcar, mantendo-se imparável no topo da tabela de marcadores com 7 golos, sendo estes os maiores destaques de um Barça com um exibição de alto nível. Apesar de Ferrão se manter no topo vê agora o lugar ameaçado, isto porque Ricardinho foi o grande destaque da vitoria por 11-2 do seu Inter ao Gran Canaria ao marcar um hat trick, marcando tantos golos como em todas as jornadas anteriores. Destaque neste jogo para os também ex-Benfica Serginho e Elisandro que bisaram, e para Juanillo que marcou os únicos 2 golos da sua equipa.

O Palma foi vencer a casa do Peñíscola por 5-3. Chicho com uma exibição muito conseguida e com um bis com os golos a serem marcados em momentos muito oportunos foi o grande destaque desta partida. Também o Jaén venceu por 3-2 com um bis muito importante e decisivo de Boyis. Do outro lado Amezqueta também com um bis, foi sempre o mais inconformado.

A grande surpresa da jornada foi mesmo o empate no derby de Murcia. O ElPozo fez uma primeira parte exelente, ao ritmo de uma grande exibição de Miguelin, e de uma pontaria bem afinada de Álex, que em cerca de 4 minutos bisou, com um golo de Elias ainda pelo meio, feitos que colocavam o ElPozo com um 3-0 aos 8 minutos de jogo. Foi com este resultado que se chegou ao intervalo, e quando todos pensavam que o ElPozo caminhava para uma goleada e uma vitoria tranquila, eis que uma reação do Plásticos Romero Cartagena fez com que o ElPozo conseguisse conquistar apenas um ponto.

Ainda assim a grande figura da jornada veio mesmo do jogo mais emocionante. O Catgas conseguiu a sua primeira vitoria frente a um Levante que se tem mostrado com um alto nível. Thiaguinho e Cecilio apresentaram-se em grande nível e colocaram o resultado num 5-2 e num 6-4. Já perto do final surge Ximbinha que em 3 minutos empata um jogo no 6-6, e já quase sobre o ultimo soar da buzina, Ari, a grande figura da jornada, bisava na partida e garantiu assim os primeiros 3 pontos do Catgas.

Como de costume nesta crónica, a Zona Técnica esteve à conversa com Ari:

Como é marcar um golo no último segundo que dá os primeiros 3 pontos à sua equipa na temporada deste ano?

Marcar esse golo foi importante tendo em conta como estava o jogo. Estávamos a perder 5x2, mas a equipa não desistiu e no final fomos premiados com a vitória. Na semana passada perdemos com o Barcelona no último minuto e esta semana ganhamos no último segundo, coisas que acontecem no futsal.

 

Quais os objetivos do Catgas e do Ari para esta temporada?

Os objetivos vão depender de como encararmos os próximos jogos, mas é claro que estar na Copa de Espanha, play-offs e chegar o mais longe possível na Copa do Rey são os objetivos que marcámos no começo da temporada.

 

Depois de já ter representado o Barcelona em Espanha e de já ter vencido quase tudo no Futsal, porquê a escolha pelo Catgas?

Sinto-me um jogador afortunado. Ganhei tudo o que um jogador pode ganhar e muitas delas mais de uma vez, esta vez quis vir para o Catgas porque Barcelona é a cidade onde pretendo morar. O meu filho cresceu aqui, (minha filha pequena nasceu aqui ) , minha esposa tem um trabalho aqui, ou seja, escolhi este contrato pela minha família.

 

Dois anos em Moscovo que terminam da pior maneira, como foram as duas temporadas em Moscovo?

Os dois anos em Moscovo se falamos da parte desportiva, foram muito bons. Ganhei duas ligas em dois anos, aprendi e gostei muito da liga Russa, acredito que por ser tão física, pelas grandes distâncias entre uma cidade e outra a Liga Russa é umas das mais competitivas do mundo. Moscovo como cidade, e o povo russo também me surpreenderam positivamente, pensava que ia custar mais a minha adaptação e principalmente da minha família mas foi tudo ao contrário. Se falamos da parte financeira, o primeiro ano foi muito bom mas o segundo ano foi horrível. Muitas dívidas e mentiras por parte de quem comandava o clube, mesmo assim fomos campeões. Infelizmente esse título não serviu para recebermos o que eles nos deviam e nem para salvar um clube histórico como o Dinamo.

 *Textos de Ari traduzidos de PT-BR para PT-PT


E para ti quem foi a figura da jornada? Usa os comentários para dar a tua opinião.





Vídeos
Os melhores golos da Jornada 14 da Liga SportZone
Antevisão de Paulinho ao encontro entre o Futsal Azeméis by Noxae e o Fabril/Autokuatrus
Jorge Braz e João Matos fizeram um balanço positivo dos dois jogos em que Portugal bateu a Eslovénia (2-0 e 6-4).
Inês Fernandes: "Acredito que vamos dar uma boa resposta e fazer tudo para ganhar o torneio"
Jorge Braz considerou "Bom teste" frente à Eslovénia
Os melhores golos da Jornada 13 da Liga SportZone por Zona Técnica Futsal Portugal
Portugal vence 0-2 Eslovénia | Resumo
Eslovénia - Portugal | 18:00h | Livestream
Eslováquia - Sérvia | 18:00h | LiveStream
Ucrânia - Itália | 16:30h | Live