Černý e Tomić a postos para arbitrar a final do UEFA Futsal EURO 2018



O checo Ondřej Černý e o croata Saša Tomić vão ser os árbitros principais da final do UEFA Futsal EURO 2018 entre Portugal e Espanha, mas nenhum deles é estreante.

Ao UEFA.com, O checo Ondřej Černý e o croata Saša Tomić vão ser os árbitros principais da final do UEFA Futsal EURO 2018 entre Portugal e Espanha, em Ljubljana, mas nenhum deles é estreante nesta fase da prova.

Tomić tem 42 anos e dirigiu a final de 2014 em Antuérpia, enquanto Černý, de 38, foi o cronometrista do jogo decisivo em 2016, quando a Espanha bateu a Rússia em Belgrado e conquistou o título, para além de ter arbitrado 'derbies' ibéricos nas duas últimas edições da prova. Ambos recordam a caminhada até ao jogo grande de sábado.
"O meu primeiro EURO foi na Bélgica e era um dos árbitros mais jovens, com 34 anos. Foi uma excelente experiência", afirmou Černý ao UEFA.com. "Arbitrei cinco jogos e em Belgrado dirigi a meia-final entre a Rússia e a Sérvia. Estavam 11 mil pessoas a assistir, um recorde pessoal. Sinto-me melhor a arbitrar quando estou sob a pressão dos adeptos."

Tomić acrescentou: "A minha estreia também foi na Bélgica, uma experiência que, por si só, teria sido suficiente. Fiz um bom trabalho, dois jogos na fase de grupos, depois a meia-final entre a Rússia e a Espanha - um grande jogo de futsal - e ainda a final. Na Sérvia dirigi dois jogos da fase de grupos e uma meia-final."

Černý falou da ascensão até este nível: “Sou árbitro de futsal há quase 20 anos. Comecei na minha cidade, Praga, com apenas 18 anos. Passo a passo fui subindo de divisão e cheguei a internacional em 2010. Este é o meu terceiro EURO e a primeira final."

Nenhum deles é árbitro profissional e Tomić explicou que tem de se adaptar a uma vida mais exigente durante a competição: "Sou professor mas é preciso estar bem preparado física e psicologicamente para estar aqui durante 16 dias. Treinamos todos os dias, comemos, temos a mesma rotina, temos de estar preparados."

Ao contrário do que acontece no futebol, as equipas de arbitragem do futsal não são compostas por elementos de um único país, como acontece com Černý, Tomić, o terceiro árbitro no sábado, o italiano Alessandro Malfer, e o cronometrista, o macedónio Josip Barton. "Não é como no futebol onde as triplas são do mesmo país, aqui é diferente", explicou Černý. "Descobrimos alguns estilos diferentes de arbitragem, que se nota nos detalhes."

Tomić acrescentou: "Somos amigos a sério, arbitramos juntos nas primeiras rondas, em fases finais e noutras competições. Posso fazer dupla com o Ondřej ou com outro colega, existe uma verdadeira amizade entre todos nós. Apoiamo-nos muito."

Vídeos
Tunha em entrevista ao programa da RTP
Taça do Rei de Espanha | Live | 19:30h | Movistar Inter - FC Barcelona Lassa
Taça do Rei de Espanha | Live | 19:00h | Ríos Renovables Zaragoza - Jaén Paraíso Interior FS
Live | Taça da Rússia | Partido Comunista - Gazprom Ugra
Ricardinho: "Levar esse troféu para Portugal"
Pedro Cary: "Sabemos que é o principal palco"
Venâncio Lopez: "A nível mental a equipa está muito bem"
Tunha: "Muito orgulho pelo trabalho que tem sido feito"
Vítor Hugo: "Sabemos da potência que está do outro lado"
Márcio: "uma experiência única"