Reviravolta encarnada dita reedição da Final do ano passado



Depois do Novasemente garantir a final, chegava a 2ª meia-final entre o SL Benfica, detentor da prova, e o Sporting CP, o seu eterno rival.

Um jogo escaldante portanto, que começou de uma forma equilibrada dentro de campo. Um jogo com algumas ocasiões de golo para os dois lados sem grande perigo, com o primeiro grande momento a acontecer aos 5 minutos de jogo quando Taninha se isola com Ana Catarina e remata forte para uma exelente defesa da internacional portuguesa defesa esta que deixou a bola a saltar perto da sua baliza e quando Cátia Morgado se preparava para encostar para o 1-0, novamente Ana Catarina num bom voo a chegar primeiro à bola e a evitar que inaugurassem o marcador.

Só aos 12 minutos se inaugurou o marcador. Numa altura de sinal mais do Sporting, Taninha e Kika aparecem na frente de Ana Catarina, com Taninha a tocar a bola para Kika que com a baliza à sua mercê rematou forte e, apesar de Ana Catarina ainda conseguir tocar, a bola só parou no fundo das redes. Sentia-se a falta de Inês Fernandes na estratégia defensiva do Benfica, e logo após este 1-0 Bruno Fernandes pediu o seu tempo técnico para reorganizar a sua equipa.

O tempo técnico fez efeito e trouxe o melhor período do Benfica na primeira parte ao jogo. Bastaram 2 minutos para o golo do empate encarnado. Fifó com a bola no seu meio campo, coloca em Janice, a pivot do Benfica devolve para uma desmarcação de Fifó que a cerca de 9 metros da baliza remata forte e colocado para reestabelecer a igualdade.

Nos 6 minutos seguintes seguiu-se um jogo equilibrado, onde ambas as equipas tiveram por cima em alguns momentos de jogo, mas o resultado não mais se alterou até ao final do primeiro tempo.

Já no segundo tempo entrou por cima o Benfica. Primeiro Fifó obriga Naty a uma boa defesa, e pouco depois, Janice com uma “cambalhota” assiste Nina Pereira para o 2-1 quando tinham passado apenas 2 minutos nesta segunda parte.

Manteve-se por cima durante alguns minutos o Benfica até que o Sporting assumiu o jogo, mas sem conseguir criar grande perigo para a baliza encarnada, levando Carlos Reis a fazer subir Naty para jogar num 5x4+GR quando faltavam 3 minutos para o final mas de nada serviu visto que o resultado não mais se viria a alterar.

O Benfica marca assim encontro com o Novasemente na final da prova, reeditando assim a final da época passada.


Vídeos
Acqua&Sapone e Luparense, finalistas do ‘Scudetto’
FP Halle-Gooik é campeão da Bélgica
КМФ ВЕЛЕС é campeão da Macedónia
Nun’Álvares/IESFafe "É um clube diferente, unido e que movimenta centenas de pessoas.”
Bastidores da Final 8 da Taça de Portugal | “No coração do futsal”
Meia-Final | Super Liga Russa | 15:00h | Tyumen - Sibiryak
Meia-Final | Super Liga Russa | 14:30h | Gazprom-Yugra - Sinara
Os melhores golos dos Quartos de Final, Jogo 1, da Liga SportZone
Calendário das partidas do Fim de Semana
Sparta Belfast vence Taça na Irlanda do Norte