Cacau antevê semifinais da UEFA Futsal Champions League



Ricardo Sobral, Cacau como é conhecido no mundo do Futsal fez a antevisão das meias finais da UEFA Futsal Champions League para a Zona Técnica Futsal.

Recorde-se que Cacau, antigo treinador do Kairat Almaty e da seleção do Cazaquistão, conquistou a prova ao comando da equipa Cazaque por duas ocasiões.

 

Sporting - Movistar Inter (13h45)

Depois de duas derrotas nas últimas finais, o Sporting necessita fazer algo diferente. A equipa está mais sólida e vejo o Sporting muito determinado para chegar à final. Os pontos fortes do Sporting são sem dúvida as bolas paradas. O Nuno com certeza já tem trabalhado o emocional e creio que vai ser muito importante neste jogo.

O Inter, na minha visão, é a equipa favorita em qualquer competição, pelo plantel que tem e sem dúvida porque tem no seu plantel o melhor jogador do mundo - Ricardinho muda um jogo em segundos - atenção especial para ele. Mas o mais forte do Movistar Inter está na força do plantel. Todos os 14 atletas são de nível altíssimo e tem um treinador que faz a diferença pois não é fácil manegar um plantel de altíssimo nível e ter todos os atletas motivados. Jesus Velasco tem no seu sistema de jogo muita mobilidade, equipa corre muito e também tem um jogo de pivô fortíssimo com Humberto, Elisandro e Solano.

Vai ser uma semifinal de dois grandíssimos treinadores. Um duelo tático Jesus Velasco X Nuno Dias.

 

Barcelona - Kairat (16H30)

O Barcelona tem uma equipa sólida e tem no seu sistema de jogo usar bastante o 4:0. Com a perda do seu principal jogador, Ferrão (vai fazer muita falta) é preciso ter ainda em atenção, Esquerdinha que tem uma frieza para fazer golos que me recorda muito o Lenisio que jogou na seleção Brasileira de futsal. Uma equipa compacta, unida e que tem a força física com Leo Santana, Artur e Sergio Lozano que são 3 atletas que estão em excelente forma. A individualidade de Dyego pode fazer a diferença para o Barcelona. Tem jogadores experientes como o Aicardo e Rivillos, além de Adolfo e Joselito estarem em grande forma. Agora, o lado psicológico tem que ser trabalhado pois nas ultimas duas partidas de final four contra o Kairat o Barcelona perdeu as duas.

O Kairat leva uma pequena vantagem, porque além de jogar em casa com o pavilhão lotado, tem em Higuita a sua principal arma, pois nas últimas duas vitórias do Kairat sobre o Barcelona ele teve uma participação decisiva e hoje é sem dúvidas o melhor guarda-redes do mundo. O Kairat renovou a sua equipa para esta temporada e trouxe também um treinador que já foi campeão da UEFA CUP que sabe muito bem como se joga este tipo de competição. O Douglas estar recuperado - ele na sua posição é o melhor do mundo - dá ao Kairat uma capacidade ainda maior. A volta de Douglas que somando à força de Rangel e da raça do capitão Dimas Sulemanov dá à equipa uma fortaleza na sua defesa. Nas alas o Edson, melhor jogador do Kairat na temporada e o Taybi um jogador que faz a diferença em qualquer jogo. Taynan tem uma função importantíssima no Kairat pois, além de jogar de ala faz também de pivô e é um jogador decisivo. Diego Favaro é um jogador de excelente passe e movimentação. Esenamanov, Orazov e Nurgozhin Dauren, os cazaques estão em grande forma e têm ainda dois pivôs muito fortes, Jonhn Lennon e Tursagulov que jogam muito bem de costas para o golo.


As meias finais jogam-se dia 26 de Abril com transmissão na Eleven Sports. O jogo do Sporting tem ainda transmissão, também, na Sporting TV.


Vídeos
As equipas B adulteram campeonatos?
Fernando Rocha: "O Pedro Moreira merecia que isto acontecesse"
Carlos Barbosa vence Tubarão e lidera a LNF
Miguelin "Queremos passar e lutar pela Liga"
André Maluko do Eléctrico FC marcou o melhor golo da semana para programa da #LNFS #PistaAzul
Os melhores golos dos Quartos de Final da Liga SportZone
Portugal derrota a Espanha em Sub-17 | Vídeo
Pato e Marreco empatam no Clássico das Penas
GD Biscoitos conquista AF Angra do Heroísmo
Reviravolta dos Leões de Porto Salvo leva Fundão para a negra | Vídeo
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial