Vadillo: “El Barça es ligeramente favorito en la eliminatoria, es la realidad”



O Palma Futsal enfrenta outro grande desafio com as semifinais contra o Barça Lassa sem tempo para saborear a vitória contra o Movistar Inter.

Os Mallorquines não estão satisfeitos com o que conseguiram e querem jogar a segunda final da sua história. O Palau sediará nesta sexta-feira a primeira batalha de um duelo brilhante.

As semifinais do playoff para o título da LNFS jogam-se nesta sexta-feira no Palau Blaugrana com um duelo entre Barca Lassa, campeão da temporada regular e o Palma Futsal.
Depois de eliminar o Movistar ter eliminado nos quartos de final da competição, campeão das últimas cinco edições. Antonio Vadillo reconhece que "Enfrentamos a eliminatória com bastante ilusão e com ganas de fazer as coisas bem. Vamos defrontar um Barcelona com vontade de chegar à final porque lhes dá acesso à Europa. Eles vão sair para nós, fortes, jogar com muita intensidade em sua casa e temos que ser capazes de resolver essa situação"e acrescenta que" temos que ser inteligentes, saber jogar o nosso jogo e combinar a intensidade porque eles apertam muito e isso será um fator determinante. Temos que impor nossa maneira de jogar".

Vadillo considera que o favorito é o campeão da fase regular “Eu os vejo um pouco superiores a eles (Movistar Inter), é a realidade, porque foram a equipa mais regular da temporada, a mais forte da Liga. Não precisam de fazer uma grande partida para te vencerem. Em três oportunidades fazem-te dois golos. A pista se torna grande com eles. Eles são favoritos mas tudo depende da nossa maneira de competir. Se somos capazes de competir bem em Palau e estarmos na nossa melhor versão, as coisas serão mais fáceis "e acrescenta que" eles sabem que somos capazes de complicar-lhes as coisas. Vamos entrar no jogo e temos de intensos. Estou convencido de que eles nos respeitam muito. O primeiro jogo é muito importante e para eles é uma final antecipada porque se não conseguirem o ponto em sua casa colocam-se numa posição adversa ao disputar a decisão em Son Moix”.
O treinador mostra-se mais preocupado com o nível que pode oferecer a sua equipa que a equipa rival: “Dependemos de nós. Eles são uma grande equipa com grandes individualidades como o Ferrao, Dyego, Esquerdinha, Joselito ye qualquer um pode declinar a partida para eles e temos de acreditar que somos capazes de crescer no nosso jogo", afirma Vadillo.
Sobre a primeira partida, Vadillo considera que “a primeira partida vai condicionar muito mas no caso de vencer nos dará uma força importante", porque “eles tem a pressão e entrarão muito fortes na primeira partida porque estão conscientes que podemos tornar-lhes as coisas muito difíceis e o primeiro ponto da eliminatória é mais importante para eles que para nós".

Um dos jogadores que mais respeito gera é Ferrão. O técnico balear desfaz-se em elogios com o pivô brasileiro e assegura que “o Barcelona tem um jogador que marca a diferença numa partida, que é Ferrão. Para mim é o jogador mais determinante que há no futsal e temos de trabalhar muito sobre ele". 

Vídeos
Deo pede desculpa pela atitude no jogo 4
André Crud é o novo treinador do Rio Ave
Resumo | Final - Jogo 1 | Sporting CP 6-1 SL Benfica
Resumo | Jogo 5 Liga SportZone | SL Benfica 4-3 Sporting CP
Pedro Silva é reforço do Rio Ave FC
André Correia aos 21 anos defendeu no jogo 4 da final, 5 livres de 10 metros | VÍDEO
Resumo do Jogo 4 da Final | Vídeo | Sporting CP 5-3 SL Benfica
Renato Pontes é o novo coordenador do futsal do Rio Ave
Xuxa "Temos de estar concentrados nos 40 minutos"
Pedro Moreira "Vamos a Candoso com o pensamento na vitória"
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial