Humberto Honório o homem mais "Scudetti" do futsal italiano.



Humberto Honório é agora o homem mais "Scudetti" do futsal italiano.

Chegou a Itália em 2003 , assinando com o San Lazzaro, da Serie A2 .
Na temporada seguinte mudou-se para o multi-intitulado Prato, onde se estréia na primeira divisão. Nessse primeira temporada ajudou a equipa que ficou em segundo lugar, sendo eliminado apenas nos quartos do play-off. No ano seguinte, a equipa, bastante reduzida, não conseguiu evitar a descida de divisão.

No verão de 2006, muda para Luparense junto com seu parceiro Rafael Salomão. Aqui encontra Jesús Velasco no seu primeiro ano na Toscana .

A primeira temporada, depois das derrotas na final da Supercoppa e da Coppa Italia, termina com a vitória do Scudetto, o primeiro para os biancazzurri e para Honorio, autor do primeiro golo da segunda mão.
Nos anos seguintes, ele está entre os protagonistas de duas temporada perfeitas para os paduanos, onde ele adiciona 2 campeonatos, uma Copa da Itália e 2 Super taças .

Em abril de 2010 ele joga a final da UEFA em Lisboa, pela primeira vez na sua carreira, marcando em ambas as partidas.

Após um período de jejum, Voltou a vencer em 2012, alcançando o quarto campeonato.

No verão seguinte, com a venda de Vampeta para o Asti, torna-se o capitão dos lobos .

Estabeleceu-se nos melhores jogadores em Itália, entre 2012 e 2014 e foi um dos protagonistas de um novo ciclo de vitórias de biancazzurri, acrescentando mais um troféu da Copa da Itália e duas Super Taças, marcando em todas as três finais.

Durante a última jornada da temporada regular de 2014-2015, em Asti, sofreu uma lesão no ligamento cruzado, que o manteve fora do campo por vários meses.

Em 2017, em Ancona, ganhou o sexto campeonato, atingindo Nora no topo do ranking de jogadores repetidamente campeões da Itália. Poucos meses depois, graças ao duplo triunfo de 21 de outubro contra Pesaro, Honorio chegou aos 228 golos com a camisola do Luparense, igualando-se ao recorde de maior goleador da história do clube, que até então pertencia a Vampeta. Em dezembro ele ganhou a sexta Super Taça, marcando dois golos, o que foi o seu último título ganho em camisola de lobos.

Em 2018 é eleito o oitavo melhor jogador do mundo no Futsal Awards .

No verão de 2018, com o encerramento do grupo Paduan, Honorio muda-se, junto com os seus companheiros Michele Miarelli e Pablo Taborda, para o ambicioso Italservice. Aqui, na primeira temporada, após as derrotas na final da Copa da Divisão e da Copa da Itália, vence seu o sétimo campeonato, fazendo dele o jogador que venceu o campeonato italiano mais vezes.

Possuidor de duplo nacionalidade, em 26 de outubro de 2005 fez a sua estréia em Benevento com a equipa nacional italiana durante um particular contra o Paraguai que a esquadra Azzurra venceu por 7-3; durante a partida, ele marcou o primeiro golo pela seleção.

Em 2014 ele está entre os protagonistas da vitória italiana no Campeonato Europeu em Antuérpia .

Participou no Campeonato Mundial de 2016 na Colômbia e no Campeonato Europeu de 2018 em Liubliana, onde marcou o golo de vantagem momentânea contra os anfitriões.

Palmarés 
Competições nacionais 
Scudetto - Campeonato Italiano: 7 
Luparense: 2006-07 , 2007-08 , 2008-09 , 2011-12 , 2013-14 , 2016-17
Italservice: 2018-19

Coppa Italia: 2
Luparense: 2007-08 , 2012-13

Supercopa da Itália: 6
Luparense: 2007 , 2008 , 2009 , 2012 , 2013 , 2017

Competições Internacionais 
Campeonato Europeu : 1
Itália: 2014


Vídeos
Portugal - Espanha | 16:00h em direto
Dani eleito com o melhor golo da Jornada 9
Os melhores golos da Jornada 8, com o apoio de IMVISO Futsal
Campeonato Nacional Futsal Feminino | Top 3 Golos da 3ª Jornada (Video)
Ricardinho não quer surpresas.
Jorge Braz: "assumir com enorme serenidade e seriedade o início deste processo"
Filipinho é o autor do melhor golo da Jornada 7
Campeonato Nacional Futsal Feminino | Top 3 Golos da 2ª Jornada (Video)
Movistar Inter derrota C.A. Osasuna Magna numa partida emocionante (5-4)
Allan é reforço do SC Braga/AAUM
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial