Arménia abandona particular com a Itália.



Na note de imprensa da seleção da Arménia pode ler-se que, no segundo particular entre as seleções italiana e a Arménia esta equipa abandonou o terreno de jogo, já que os italianos não mantiveram os princípios do fair play.

Como os representantes da delegação do FFA relataram, depois de a Itália perder para a Arménia 1-2 durante a primeira partida, os italianos queriam vingar-se por todos os meios. O árbitro era italiano e estava a tomar decisões controversas em todas as situações, dando muitas faltas contra a equipa arménia.
O jogo estava num 2-2, quando o árbitro apontou a 3ª penalidade injusta do jogo concedida à Itália a 1 minuto e 12 segundos antes do apito final. Como não houve falta, os jogadores arménios protestaram contra a decisão e mandaram o guarda-redes. Os italianos asseguraram que concordam que não houve falta e prometeram errar o alvo durante a cobrança da penalidade. Apesar da promessa, o jogador italiano marcou golo, quando o guarda-redeso decidiu voltar para o seu lugar. Considerando o fato de que os italianos perderam os princípios do fair play, a equipa abandonou o jogo.

Vídeos
VIDEO | Fer Drasler confirmado como reforço do SL Benfica
Resumo | Portugal 4-0 Noruega
Reações de José Luís Mendes ao empate com a República Checa - Sub-21
Reação de Jorge Braz ao triunfo (4-1) diante da Noruega
José Luís Mendes antevê partidas dos Sub21
Bruno Coelho: "a seleção é um espaço diferente"
Treino conjunto antes de jogos de preparação
Deo pede desculpa pela atitude no jogo 4
André Crud é o novo treinador do Rio Ave
Resumo | Final - Jogo 1 | Sporting CP 6-1 SL Benfica
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial