Dinis Ramos à procura do sonho | Sub-21



A paixão pelo futsal levou-o a viajar para a Suíça, onde atua. Agora alimenta o sonho de se estrear nos sub-21.

A Seleção Nacional sub-21 cumpriu esta quinta-feira os dois primeiros treinos no âmbito da preparação para os jogos diante da República Checa, nos dias 22 e 23 (sábado e domingo), no Pavilhão Multiusos de Fafe – ambos os jogos têm o início marcado para as 19h30.

Dinis Ramos já tinha estado presente em estágios de sub-16 e sub-17 mas ainda não teve oportunidade de vestir a Camisola das Quinas.

“Estive em estágios de observação, mas agora tenho a possibilidade de me tornar internacional. A possibilidade de poder representar nosso país e vestir a Camisola de Portugal é sempre um grande orgulho. Naturalmente, estou algo ansioso, mas fui muito bem recebido neste espaço e estou a trabalhar bem.

Na quinta-feira, os sub-21 lusos defrontam a Seleção A, no Pavilhão da Universidade do Minho, em Azurém (Guimarães).  O fixo defende que esse será um treino especial.

“É sempre um prazer poder treinar com jogadores que são campeões da Europa e vários campeões nacionais. É um orgulho poder estar com jogadores que ocupam as mesmas posições no terreno que eu e que, para mim são uma referência, como o João Matos e o Erick. Vou tentar aproveitar ao máximo esta oportunidade. para aprender.”

Dinis tem a noção que esta Seleção é uma antecâmara da Seleção A para todos os jogadores.

“Todos temos a noção que esta Seleção serve de plataforma para a Seleção A, com muitos jogadores a aproveitarem a oportunidade para chegar à Seleção A. Neste grupo contamos com dois jogadores que já tiveram a oportunidade de representar a equipa principal [Afonso Jesus e Tiaguinho] e muitos jogadores que estão na Seleção A já passaram pelos sub-21 [Gonçalo Portugal, Erick Mendonça, André Coelho, Fábio Cecílio, Ludgero, Miguel Ângelo, Pauleta e Tiago Brito]. Mas para lá chegarmos é preciso que tenhamos um crescimento. É preciso ultrapassar várias etapas para que um dia possamos lá chegar. Nos sub-21 já percebemos qual o espírito da Seleção A e quando subirmos esse patamar a nossa integração, estou certo, será mais fácil.”

O jogador natural de Vila do Conde atua no Futsal Minerva, na Suíça. Esta experiência no futsal helvético deveu-se ao convite do técnico do clube e à paixão pelo futsal.

“Fui convidado pelo treinador Pedro Santos para um projeto que me entusiasmou. Gosto muito do trabalho dele e aceitei o convite. A minha paixão pelo futsal fez com que deixasse o país para continuar a jogar. Vivo com outro jogador e a adaptação tem sido fácil. Temos sido bem acolhidos e já me sinto como se estivesse em casa.”

Vídeos
VIDEO | Fer Drasler confirmado como reforço do SL Benfica
Resumo | Portugal 4-0 Noruega
Reações de José Luís Mendes ao empate com a República Checa - Sub-21
Reação de Jorge Braz ao triunfo (4-1) diante da Noruega
José Luís Mendes antevê partidas dos Sub21
Bruno Coelho: "a seleção é um espaço diferente"
Treino conjunto antes de jogos de preparação
Deo pede desculpa pela atitude no jogo 4
André Crud é o novo treinador do Rio Ave
Resumo | Final - Jogo 1 | Sporting CP 6-1 SL Benfica
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial