Pedro Alves: "Vibrem connosco nos pavilhões"



Terminamos as antevisões ás Taças Nacionais com as palavras de Pedro Alves.

Pedro Alves conta aos 50 anos com uma carreira interessante no mundo do futsal feminino.

Foi adjunto na Quinta dos Lombos e no SL Benfica, clube onde é agora treinador da equipa B e da equipa de Juniores.

Chega a esta prova com um plantel também ele muito interessante, onde se destacam as campeãs olímpicas Marta Costa e Beatriz Sanheiro, e onde se destaca ainda mais Fifó, também campeã olímpica, vice-campeã europeia e 3ª melhor do mundo para a FutsalPlanet.

O Benfica só não é o clube com mais campeãs olímpicas a disputar esta competição porque Jéssica está de saída do clube e já não joga esta competição e Beatriz Silva continua a recuperar de uma longa lesão.

Há ainda muitos outros nomes que se têm destacado, como Catarina Lopes, Marta Morais ou Beatriz Monteiro que têm sido as mais finalizadoras nesta Taça Nacional.

É assim um plantel muito interessante o que Pedro Alves tem nas suas mãos para disputar esta Taça Nacional onde vai defender o titulo conquistado na época anterior.

Pedro não escondeu a vontade de vencer esta competição e garante que o seu Benfica vai apresentar-se com o maior empenho possível para conseguir revalidar o titulo.

Deixamos então sem mais demoras a entrevista de antevisão à Final Four desta Taça Nacional feita pela Zona Técnica (ZT) a Pedro Alves (PA):

 

ZT - Têm tido um percurso imaculado. Depois de vencerem o Campeonato Distrital venceram ambos os grupos da Taça Nacional. Qual o segredo para o sucesso?

PA - Não há segredo. É como todos sabem, que os sucessos alcançam-se com o empenho no que é necessário fazer para se ter sucesso.

Naturalmente que poder contar com atletas de qualidade, interessadas e focadas na superação, potencializa tudo.

A estrutura envolvente (clube, condições, organização, staff e técnicos) são igualmente de enorme importância e de efeito catalisador.

É, portanto, a interação de tudo isto que no confronto com os nossos adversários determinam as maiores ou menores possibilidades de vantagens e sucessos.

 

ZT - Chegam a esta competição como campeãs em título e a tentar defender o mesmo. Quanta responsabilidade isso vos traz?

PA - A mesmo responsabilidade que levamos para qualquer prova ou mesmo jogo, fazer sempre o nosso melhor possível, na expetativa de vencer.

A especificidade desta prova é o facto de ter maior visibilidade.

 

ZT - O que podemos esperar da sua equipa nesta Final Four?

PA - A nossa enorme vontade de vencer esta final four, o nosso completo empenho nesse propósito e a defesa da imagem positiva associada ao Benfica e ao Futsal Feminino.

 

ZT - E das restantes três equipas? Já as observou? O que acha que podemos esperar de cada uma delas?

PA - De cada uma dessa 3 equipas poderemos esperar o mesmo que se espera de nós, e dado estas integrarem diversas atletas de grande qualidade e até com chamadas à seleção nacional, poderemos ainda esperar jogos muito disputados e uma prova muito competitiva.

 

ZT - Considera que alguma das Quatro equipas parte com favoritismo para vencer esta competição?

PA - Creio que o Benfica, o Sporting e o Nun’Alvares partem como mais favoritos do que o Modicus, pelas atletas que conhecemos e pela experiência anterior que já apresentam.

Mas quando começar a prova e os jogos, o que contará é o presente de cada uma e a forma como disputarão cada jogo.

 

ZT - Deixe uma mensagem aos seus adeptos:

PA - Vibrem connosco nos Pavilhões onde vamos jogar.

Aos fantásticos adeptos Benfiquistas, contamos, precisamos e pedimos o vosso tão habitual e significativo apoio. Aos outros adeptos, compareçam apoiem a vossa equipa e todos estaremos a apoiar o Futsal Feminino. E não esqueçam que os árbitros são parte integrante e fundamental do jogo, também precisam de ser apoiados.



Vídeos
VIDEO | Fer Drasler confirmado como reforço do SL Benfica
Resumo | Portugal 4-0 Noruega
Reações de José Luís Mendes ao empate com a República Checa - Sub-21
Reação de Jorge Braz ao triunfo (4-1) diante da Noruega
José Luís Mendes antevê partidas dos Sub21
Bruno Coelho: "a seleção é um espaço diferente"
Treino conjunto antes de jogos de preparação
Deo pede desculpa pela atitude no jogo 4
André Crud é o novo treinador do Rio Ave
Resumo | Final - Jogo 1 | Sporting CP 6-1 SL Benfica
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial