Equipas femininas terminam fase de grupos do EUC Futsal 2019



O quinto dia do European Universities Futsal Championship (EUC) 2019 foi decisivo no apuramento das equipas femininas para a próxima fase. Com vários lugares por preencher nos quartos de final, todas as universidades jogaram a todo o gás para continuar a lutar pela medalha de ouro. A infelicidade bateu à porta da equipa feminina da Universidade do Porto e da Universidade de Évora, que foi a única formação que não alcançou o apuramento. Depois da equipa anfitriã e do Instituto Politécnico de Leiria terem seguido em frente na competição masculina, era esperado o dia do juízo final na prova feminina. Destaque para a Universidade do Minho, conseguiram uma vaga nos quartos de final. Já os conjuntos do Porto e de Évora, abandonam a corrida pelo título e tem pela frente a disputa do nono e o décimo primeiro lugar.

Logo depois do almoço, o grupo B foi o primeiro a entrar em prova. A University of Evry Val d'Essonne partiu em último lugar para a terceira jornada frente à Ural Federal University. No entanto, as francesas não conseguiram contrariar a motivação russa, indo para o intervalo a perder por 2-1. A segunda parte do encontro trouxe mais do mesmo. Através de um livre de 10 metros, a Ural Federal University aumentou a vantagem e fixou o resultado em 3-1, alcançando o primeiro lugar do grupo.
Também no grupo B, a University of Zagreb não foi além de um empate com a Universidade de Évora. As portuguesas tentaram igualar a partida ainda antes do intervalo, no entanto a guarda-redes croata impediu todas as investidas. O conjunto da Croácia, que ainda não tinha conhecido a derrota no EUC Futsal 2019, impôs o seu jogo, acabando os primeiros 20 minutos a ganhar por 2-1. Na etapa complementar, o conjunto luso chegou ao golo, que deu inspiração para a restante partida. Os últimos minutos do jogo foram impróprios para cardíacos. Após várias oportunidades de golo, as duas formações tiveram a difícil tarefa de meter a bola dentro da baliza, o que ditou o empate a duas bolas (2-2). Apesar do resultado, a University of Zagreb garantiu a passagem para a fase a eliminar. 

As emoções do grupo C vibraram no Altice Fórum Braga e no Complexo Desportivo da Universidade do Minho. Depois de muita agitação, a honra do primeiro lugar acabou por sorrir à University of Munster, que bateu a Universidade do Porto por 4-0. As alemãs colocaram bastante intensidade no jogo, complicando as contas às portuguesas. Ao intervalo, o resultado era de 2-0. A formação alemã continuou com um ritmo bastante elevado nos últimos 20 minutos da partida. Sem muitas soluções no ataque, a University of Porto não conseguiu ultrapassar a muralha defensiva de Munster, que se apurou para os quartos de final no primeiro lugar do grupo. Com três derrotas em três jogos, as portuguesas acabam com todas as esperanças de fazer história.
Na luta por um lugar na fase seguinte, a National Pedagogical Dragomanov University teve pela frente a University of Murcia. As espanholas entraram agitadas e abriram a contagem logo no início da partida. Ainda na ressaca do golo sofrido, as russas tentaram repor a igualdade, mas sem resultados práticos. As duas universidades acabaram por recolher aos balneários com o placard a registar 1-0 a favor da equipa de Murcia. As espanholas continuaram com o pé no acelerador e aumentaram a vantagem, não dando qualquer hipótese às russas. A University of Murcia venceu a equipa da Rússia por 3-0 e assegurou a presença na fase a eliminar em segundo lugar. Independente do terceiro lugar, a National Pedagogical Dragomanov University confirmou a presença nas oito melhores universidades europeias, devido à diferença de golos entre as restantes universidades.

O último jogo do dia juntou a Universidade do Minho e a Norwegian University of Science and Technology. Após o mau começo na competição, a formação da casa renasceu das cinzas e venceu as norueguesas por 4-2. As portuguesas comandaram o encontro desde o apito inicial, o que deixou a equipa da Noruega sem resposta. Nos últimos 20 minutos, a Norwegian University of Science and Technology tentou mudar o rumo da partida, só que a ambição do conjunto luso em alcançar a vitória levou a melhor. Com este resultado, as anfitriãs sobem ao segundo lugar, apurando-se para os quartos de final da competição. A derrota frente à University of Minho não impediu que a Norwegian University of Science and Technology avançasse no torneio, estando entre os dois melhores terceiros classificados.
As formações masculinas tiveram direito a folga e ao merecido descanso, depois de terem terminado todos os jogos da fase de grupos. Amanhã inicia-se os quartos de final, onde oito universidade vão tentar carimbar o passaporte para a fase seguinte do EUC Futsal 2019. 


Vídeos

Hungria bate Rússia no 2º encontro entre as duas seleções | Vídeo
Portugal vence França por 4-3 | Resumo
Itália vence as duas partida de preparação diante da Eslovénia | Vídeo
Portugal bateu a França por 2-1 | Resumo
Espanha vence Japão por 9-1 | Vídeo
Um bronze que mudou o Futsal em Portugal | 19 anos depois
Os melhores golos da Jornada 12, com o apoio de IMVISO
Autocarro avaria e Magnus pega boleia de camião para o treino | Vídeo
Manuel Mesquita eleito com o melhor golo da Jornada 11
Os melhores golos da Jornada 10 da Liga Placard, com o apoio de Imvisio Futsal
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial