Raúl de Azevedo, é treinador de futsal MCH Sennestadt na Alemanha e fez a antevisão do duelo da Alemanha frente a Portugal



Raul de Azevedo, de 40 anos é treinador de futsal MCH Sennestadt na Alemanha e fez a antevisão da seleção Germânica para a Zona Técnica Futsal.

A Seleção Alemã irá disputar com Portugal, Letónia e a República Checa a fase de Apuramento para o Mundial de Futsal.

Raúl de Azevedo começou por nos dizer que "gosto pelo futsal vem dos meus tempos de infância ainda em Viseu antes de emigrar na adolescência com os meus pais para a Alemanha. O futsal voltou a entrar na minha vida muito anos depois, em 2013, quando tive a oportunidade de fundar um clube na cidade onde morava, Bona. Logo no primeiro ano tive a oportunidade de me sagrar campeão regional com a equipa. Pelo meio treinei também o Fortuna Düsseldorf. Agora encontro-me a disputar a liga Regional Liga Oeste com o MCH Sennestadt e encontramo-nos ao fim de seis jornadas no segundo lugar."

 
Questionado sobre a saúde do futsal alemão, Raúl confessou que "O futsal na Alemanha ainda se encontra numa fase muito embrionária. Ainda é muito pouco conhecido e apenas há poucos anos começou a ser jogado de forma federada. A Federação de Futebol Alemã apenas integrou o futsal nos seus quadros competitivos à relativamente pouco tempo e a seleção nacional apenas existe desde 2016. Uma primeira liga nacional está apenas projectada para o ano 2021/22 e de que forma ela será implementada não está ainda perfeitamente definida. Existe ainda um longo caminho a percorrer."

Raúl falou da formação do futsal Alemão e referiu que "é inexistente. Os actuais jogadores de futsal na Alemanha, os internacionais incluídos, são na sua esmagadora maioria jogadores de Futebol de 11, que no seu tempo livre ou pausa competitiva (inverno) se dedicam a jogar futsal. O futsal é visto ainda como um "Hobbie" pela a maior parte dos jogadores. O conhecimento desses sobre o jogo é muito rudimentar. É difícil também evoluir quando se tem apenas uma no máximo duas unidades de treino por semana, na qual raramente aparecem todos os jogadores. É difícil competir com o futebol 11 pois nesses clubes os jogadores recebem bom dinheiro. Em jeito de conclusão, a estrutura do futsal na Alemanha é muito fraca e isso reflete-se na qualidade do jogo."

Sobre o encontro frente a Portugal, Raúl, prevê um "sem grande história. A diferença táctica entre as duas equipas é abismal, mas não se pode descurar a capacidade técnica e a motivação dos jogadores alemães para jogar contra uma das melhores equipas do mundo. Os jogadores alemães podem não ser evoluídos taticamente e isso vai com certeza ser bem notório no jogo com Portugal, mas se os analisarmos individualmente e tecnicamente, são bons jogadores. Por exemplo, o capitão de equipa alemã Timo Heinze fez toda a formação ate à idade sénior no Bayern de Munique, até que decidiu a apostar no futsal. Talvez no futuro a Federação de Futsal Alemã apoie de verdade este belo desporto que é o Futsal e pode ser que daqui a 10 anos seja possível disputar olhos nos olhos um jogo contra Portugal. Na sexta-feira será apenas umas questão de quão expressiva será a vitória para Portugal. Um abraço para todos os amantes do futsal desde a Alemanha"



Vídeos
Portugal - Espanha | 16:00h em direto
Dani eleito com o melhor golo da Jornada 9
Os melhores golos da Jornada 8, com o apoio de IMVISO Futsal
Campeonato Nacional Futsal Feminino | Top 3 Golos da 3ª Jornada (Video)
Ricardinho não quer surpresas.
Jorge Braz: "assumir com enorme serenidade e seriedade o início deste processo"
Filipinho é o autor do melhor golo da Jornada 7
Campeonato Nacional Futsal Feminino | Top 3 Golos da 2ª Jornada (Video)
Movistar Inter derrota C.A. Osasuna Magna numa partida emocionante (5-4)
Allan é reforço do SC Braga/AAUM
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial