Hattrick de Rochato e bis de Fassy, num jogo de fantástico de Paulinho.



Entrou melhor o Portimonense na partida, logo com três oportunidades de golo, e a antever uma partida de excelência dos comandados de Pedro Moreira.

Na primeira oportunidade, grande defesa de Sandro a remate de Caio, na segunda Filipinho atira contra um jogador do Candoso e na terceira foi mesmo golo do Portimonense, assistência de Caio Ruiz para o oitavo golo no campeonato de Rochato.

Após o golo, o Candoso equilibrou e valeu João Silva e o poste da sua baliza a negarem o golo à equipa de Candoso.

Decorria o minuto 6 e Paulinho Roxo, só com João Silva pela frente iguala a partida no Municipal de Portimão, a última partida que o Portimonense irá realizar neste pavilhão.

O jogo foi-se repartindo e começou a ser jogado com várias oportunidades nas duas balizas, estava um jogo de ataque e contra-ataque

Ao minuto 9, com Caio a enviar a bola ao poste, numa jogada fantástica dos alvinegros. Um minuto depois novamente Caio, numa grande jogada individual, remata à baliza de Sandro Barradas, a bola bate nos dois postes e na recarga Rochato, de cabeça fazia o 2-1 para os da casa.

O minuto 13 foi de sorte e festa para o Portimonense, Livre muito bem trabalhado e executado pelo Portimonense e Paulinho a marcar. 

Paulinho que ia trazendo a sua magia para a quadra estava a ser a par de Rochato, os melhores jogadores do Portimonense na partida.

Pedro Moreira ao minuto 16 lança Kennedy, o brasileiro entra mal na partida e permite que Tiago Correia fique com vantagem, para fazer o 3-2 e reduzir o placard na partida.

João Silva e Roxo recomeçaram novo duelo ao minuto 17, João Silva a levar a melhor por 2 duas vezes sobre o pivot brasileiro.

Assistência de Senra, golo de Kennedy, o brasileiro fazia o seu terceiro golo no campeonato, num remate muito forte, bateu Sandro ao minuto 19, resultado com que se chegou ao intervalo.

Aos 22 minutos Maravilha de Fassy, a picar a bola sobre Sandro Barradas, quando a bola se dirigia para a baliza um jogador do Candoso consegue tirar a bola em cima da linha. A partida estava então com a mesma toada da primeira parte, o Portimonense estava melhor na partida, mas Cristiano aos 24 consegue reduz para o Candoso, num grande período do Portimonense.

Ao minuto 28, grande trabalho de pivot de Rochato e Sandro Barradas a evitar o 5-3 depois de grande defesa.

O duelo Rochato vs Sandro teve dois minutos novo encontro, desta feita, o pivot do Portimonense a levar a melhor depois de assistência de Paulinho. Estava feito o hattick para Rochato.

Dois minutos depois foi a vez de Deivão faturar, em mais uma excelente assistência de Paulinho e a aumentar a vantagem para 6-3

Segundos depois do sexto golo, Paulinho aparece novamente na partida e assiste Caio Ruiz para o 7-3.

E como Fassy é sinonimo de golo, o pivot voltou aos golos em Portimão. O brasileiro arrancou pela direita e fez um chapéu fantástico a Sandro, naquele que promete ser um dos golos da jornada.

Um minuto depois, novamente Fassy, a aumentar a vantagem, 9-3 depois de uma excelente assistência de Filipinho.

Uma grande tarde para o Portimonense que faz assim 12 pontos no campeonato, o Candoso continua com os 4 pontos que trazia à entrada desta jornada.


Vídeos
Edu Sousa venceu o prémio de Melhor Guarda-redes da Liga Nacional de Futsal
Live | Gazprom-Yugra - Partido Comunista
Joaçaba é campeão da Recopa SC Krona
Resumo da Final entre o Movistar Inter e o Valdepeñas
Dividir Para Evoluir | Irene Samper, AD Alcorcon e Seleção Espanhola
#FicaEmCasaComFutsal - Jorge Braz - 01/05/2020
#FicaEmCasaComFutsal - Marcos Antunes - 30/04/2020
#FicaEmCasaComFutsal - Carlos M Silva - 29/04/2020
#FicaEmCasaComFutsal - Jorge Silvério - 28/04/2020
#FicaEmCasaComFutsal - João Nuno Ribeiro - 27/04/2020
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial Politica Privacidade