Hattrick de Rochato e bis de Fassy, num jogo de fantástico de Paulinho.



Entrou melhor o Portimonense na partida, logo com três oportunidades de golo, e a antever uma partida de excelência dos comandados de Pedro Moreira.

Na primeira oportunidade, grande defesa de Sandro a remate de Caio, na segunda Filipinho atira contra um jogador do Candoso e na terceira foi mesmo golo do Portimonense, assistência de Caio Ruiz para o oitavo golo no campeonato de Rochato.

Após o golo, o Candoso equilibrou e valeu João Silva e o poste da sua baliza a negarem o golo à equipa de Candoso.

Decorria o minuto 6 e Paulinho Roxo, só com João Silva pela frente iguala a partida no Municipal de Portimão, a última partida que o Portimonense irá realizar neste pavilhão.

O jogo foi-se repartindo e começou a ser jogado com várias oportunidades nas duas balizas, estava um jogo de ataque e contra-ataque

Ao minuto 9, com Caio a enviar a bola ao poste, numa jogada fantástica dos alvinegros. Um minuto depois novamente Caio, numa grande jogada individual, remata à baliza de Sandro Barradas, a bola bate nos dois postes e na recarga Rochato, de cabeça fazia o 2-1 para os da casa.

O minuto 13 foi de sorte e festa para o Portimonense, Livre muito bem trabalhado e executado pelo Portimonense e Paulinho a marcar. 

Paulinho que ia trazendo a sua magia para a quadra estava a ser a par de Rochato, os melhores jogadores do Portimonense na partida.

Pedro Moreira ao minuto 16 lança Kennedy, o brasileiro entra mal na partida e permite que Tiago Correia fique com vantagem, para fazer o 3-2 e reduzir o placard na partida.

João Silva e Roxo recomeçaram novo duelo ao minuto 17, João Silva a levar a melhor por 2 duas vezes sobre o pivot brasileiro.

Assistência de Senra, golo de Kennedy, o brasileiro fazia o seu terceiro golo no campeonato, num remate muito forte, bateu Sandro ao minuto 19, resultado com que se chegou ao intervalo.

Aos 22 minutos Maravilha de Fassy, a picar a bola sobre Sandro Barradas, quando a bola se dirigia para a baliza um jogador do Candoso consegue tirar a bola em cima da linha. A partida estava então com a mesma toada da primeira parte, o Portimonense estava melhor na partida, mas Cristiano aos 24 consegue reduz para o Candoso, num grande período do Portimonense.

Ao minuto 28, grande trabalho de pivot de Rochato e Sandro Barradas a evitar o 5-3 depois de grande defesa.

O duelo Rochato vs Sandro teve dois minutos novo encontro, desta feita, o pivot do Portimonense a levar a melhor depois de assistência de Paulinho. Estava feito o hattick para Rochato.

Dois minutos depois foi a vez de Deivão faturar, em mais uma excelente assistência de Paulinho e a aumentar a vantagem para 6-3

Segundos depois do sexto golo, Paulinho aparece novamente na partida e assiste Caio Ruiz para o 7-3.

E como Fassy é sinonimo de golo, o pivot voltou aos golos em Portimão. O brasileiro arrancou pela direita e fez um chapéu fantástico a Sandro, naquele que promete ser um dos golos da jornada.

Um minuto depois, novamente Fassy, a aumentar a vantagem, 9-3 depois de uma excelente assistência de Filipinho.

Uma grande tarde para o Portimonense que faz assim 12 pontos no campeonato, o Candoso continua com os 4 pontos que trazia à entrada desta jornada.


Vídeos
Os melhores golos da Jornada 16 da Liga Placard Futsal
Balão fez um golo fantástico. De calcanhar fez um chapéu fantástico
Os melhores golos da Taça da Liga 2020
Os melhores golos da Liga Placard, Jornada 15
Os melhores golos da Jornada 14 da Liga Placard Futsal, com o apoio de IMVISO e Decatlhon Portugal
Barcelona vence ElPozo e lidera LNFS | VÍDEO
Os melhores golos da Jornada 13 da Liga Placard, tem o apoio de IMVISO e Decatlhon Portugal
Hungria bate Rússia no 2º encontro entre as duas seleções | Vídeo
Portugal vence França por 4-3 | Resumo
Itália vence as duas partida de preparação diante da Eslovénia | Vídeo
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial Politica Privacidade