Guina: "Estamos aguardando o calendário pra saber se de fato vai acabar esse ano o campeonato" (em França)



Ex-jogador do Marreco, GUina, relata a situação em França enquanto aguarda definições sobre as competições, diz ao Jornal de Beltrão.

O ala, jogador do Orchies de França, país que teve 418 mortes nas últimas 24 horas, o maior número num dia desde o início da pandemia, e já soma 44.550 casos confirmados de coronavírus, com um total de 3.024 falecimentos diz que “As restrições de movimento são grandes, mercado a gente faz compra com um membro da família apenas, com tempo de 15 a 20 minutos por pessoa, pra haver um rodízio maior, não fazer estoque."

O brasileiro continua referindo que "Os números aqui são mais assustadores, então a população sabe da importância de ficar em casa. As partidas de futsal já pararam desde o início de março. O campeonato nacional estamos em segundo lugar e está parado. A copa terminou nas quartas de final e neste ano não haverá campeão. Estamos aguardando o calendário pra saber se de fato vai acabar esse ano o campeonato. Mas agora é cuidar da saúde de todos. Estamos ansiosos para voltar a jogar, mas é preciso ter esse respeito social, para que isso passe o mais rápido possível”, disse Guina, em contato com o JdeB por meio do WhatsApp.


Vídeos
Dividir Para Evoluir | Irene Samper, AD Alcorcon e Seleção Espanhola
#FicaEmCasaComFutsal - Jorge Braz - 01/05/2020
#FicaEmCasaComFutsal - Marcos Antunes - 30/04/2020
#FicaEmCasaComFutsal - Carlos M Silva - 29/04/2020
#FicaEmCasaComFutsal - Jorge Silvério - 28/04/2020
#FicaEmCasaComFutsal - João Nuno Ribeiro - 27/04/2020
Dividir Para Evoluir | Renatinha, Real Statte e Seleção Italiana
Dividir Para Evoluir | Mayte Mateo, STV Roldan e Seleção Espanhola
#FicaEmCasaComFutsal - Ricardo Sobral -"Cacau" - 25/04/2020
#FicaEmCasaComFutsal - Pedro Santos - 24/04/2020
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial Politica Privacidade