Formato do Campeonato Nacional da II Divisão Futsal Masculino 2020/2021



FPF anunciou em comunicado que, na época 2020/21, o Campeonato Nacional da II Divisão Futsal Masculino será disputado por 88 clubes: os 66 clubes participantes no Campeonato de 2019/2020 das séries do Continente e da série Açores; os 18 clubes indicados pelas Associações Distritais; um clube indicado da AF da Madeira; um clube indicado pela Associação de Futebol com maior número de clubes sénior de futsal a participar em provas distritais; e duas equipas B convidadas da Liga Placard, utilizando o ranking das últimas 5 épocas desportivas dessa Competição”, descreve o regulamento.

 Desta forma, os vencedores dos campeonatos distritais serão promovidos ao segundo escalão da modalidade. A prova vai ficar dividida em oito séries de 10 equipas, mais a competição da série Açores onde vão jogar oito equipas.

 Dessa forma a FPF informou o formato que transcrevemos em baixo: 


CAMPEONATO NACIONAL II DIVISÃO FUTSAL MASCULINO 2020/2021

FORMATO

Para conhecimento dos Sócios da FPF e demais interessados e em cumprimento do disposto no Regulamento da Prova em epígrafe, divulgamos o seu formato.

1. O Campeonato Nacional da II Divisão Futsal Masculino é disputada por 88 clubes, os 66 clubes participantes no Campeonato Nacional II Divisão Futsal Masculino 2019/2020 das séries do Continente e da série Açores, os 18 clubes indicados pelas Associações Distritais, um clube indicado da Associação de Futebol da Madeira, um clube indicado pela Associação de Futebol com maior número de clubes sénior de futsal a participar em provas distritais e duas equipas B, convidando as equipas da Liga Placard utilizando o ranking das últimas 5 épocas desportivas dessa Competição.

2. Na época 2021/2022 a prova é disputada por 24 clubes.

3. A série Açores do Campeonato Nacional da II Divisão Futsal Masculino será extinta no final da época desportiva 2020/2021.

4. A Prova é composta por três fases, a 1.ª Fase e a 2.ª Fase – Apuramento para a 3.ª Fase e 2.ª Fase – Descida e 3.ª Fase – Subida.

5. Em caso de empate classificativo aplicam-se os critérios estabelecidos no Regulamento da Prova.


1ª Fase

6. O Campeonato Nacional II Divisão Futsal Masculino é disputado na 1.ª Fase por 80  clubes no Continente, que são divididos por oito séries de 10 equipas, distribuídos de acordo com a sua localização geográfica e por uma Série Açores de 8 equipas.

7. Em cada série no Continente, os clubes jogam entre si, uma vez e por pontos, conforme sorteio. Na série Açores, os clubes jogam entre si, duas vezes e por pontos, uma na qualidade de visitado e outra na qualidade de visitante, conforme sorteio.

8. Os quatro clubes melhor classificados de cada série do continente, num total de 32 clubes, são apurados para a 2.ª Fase – Apuramento para a 3.ª Fase.

9. Os restantes 48 clubes são apurados para a 2.ª Fase – Descida.

10. Na série Açores, o clube classificado em primeiro lugar assegura a participação no campeonato nacional da II divisão masculina de futsal na época 2021/22. Os clubes classificados do segundo ao quinto lugar asseguram a participação na série Açores do campeonato nacional da III divisão masculina de futsal na época 2021/22. Os clubes classificados no sexto, sétimo e oitavo lugar descem aos campeonatos distritais.

2.ª Fase – Apuramento para a 3.ª Fase

11. A 2.ª Fase – Apuramento para a 3.ª Fase é disputada por 32 clubes, divididos em quatro séries de oito clubes, distribuídos de acordo com a sua localização geográfica.

12. Em cada série os clubes que jogam entre si, duas vezes e por pontos, uma na qualidade de visitado e outra na qualidade de visitante, conforme sorteio.

13. Os primeiros classificados de cada uma das séries, no total de quatro clubes, apuram-se para a 3.ª Fase – Subida.

14. Os clubes classificados em 2.º, 3.º, 4.º e 5.º lugar de cada série e os três melhores 6.º classificados de todas as séries globalmente consideradas asseguram a manutenção na Prova.

15. Os clubes classificados em 7.º e 8.º lugar de cada série e o pior 6.º classificado das quatro séries descem ao Campeonato Nacional III Divisão Futsal Masculino.

2.ª Fase – Descida

16. A 2.ª Fase – Descida é disputada por 48 clubes divididos em oito séries de seis clubes, distribuídos de acordo com a sua localização geográfica.

17. Em cada série os clubes que jogam entre si, duas vezes e por pontos, uma na qualidade de visitado e outra na qualidade de visitante, conforme sorteio.

18. Os clubes classificados em 1.º e 2.º lugar de cada série descem ao Campeonato Nacional III Divisão Futsal Masculino.

19. Os clubes classificados em 3.º lugar de cada série disputam uma eliminatória em campo neutro respeitando o seguinte emparelhamento:

Jogo 1 – 3.º classificado série A x 3.º classificado série B

Jogo 2 – 3.º classificado série C x 3.º classificado série D

Jogo 3 – 3.º classificado série E x 3º classificado série F

Jogo 4 – 3.º classificado série G x 3.º classificado série H. 

Os vencedores da 1ª eliminatória descem ao Campeonato Nacional III Divisão Futsal Masculino.

Os clubes vencidos na primeira eliminatória disputam uma segunda eliminatória em campo neutro, os vencedores desta eliminatória descem ao Campeonato Nacional III Divisão Futsal Masculino, os vencidos descem aos campeonatos distritais.

20. Os clubes classificados em 4.º, 5º e 6.º lugar de cada série e os dois clubes vencidos na segunda eliminatória prevista no número anterior, descem aos campeonatos distritais, num total de 26 clubes.

3.ª Fase – Subida

21. A 3.ª Fase – Subida é disputada por 4 clubes, que jogam um jogo, em campo neutro, respeitando o seguinte emparelhamento:

Jogo 1 – Vencedor da Série A x Vencedor da Série B

Jogo 2 – Vencedor da Série C x Vencedor da Série D

22. Os dois clubes vencedores de cada um dos jogos da Fase sobem à Liga Placard.

23. Os dois clubes vencedores da eliminatória da 3ª fase, disputam uma eliminatória a duas mãos, o vencedor da eliminatória consagra-se Campeão Nacional da II Divisão de Futsal Masculino.

24. Os restantes dois clubes asseguram a manutenção na Prova

 




Vídeos
Resumo da Final entre o Movistar Inter e o Valdepeñas
Dividir Para Evoluir | Irene Samper, AD Alcorcon e Seleção Espanhola
#FicaEmCasaComFutsal - Jorge Braz - 01/05/2020
#FicaEmCasaComFutsal - Marcos Antunes - 30/04/2020
#FicaEmCasaComFutsal - Carlos M Silva - 29/04/2020
#FicaEmCasaComFutsal - Jorge Silvério - 28/04/2020
#FicaEmCasaComFutsal - João Nuno Ribeiro - 27/04/2020
Dividir Para Evoluir | Renatinha, Real Statte e Seleção Italiana
Dividir Para Evoluir | Mayte Mateo, STV Roldan e Seleção Espanhola
#FicaEmCasaComFutsal - Ricardo Sobral -"Cacau" - 25/04/2020
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial Politica Privacidade