A Segunda Divisão em alguns números



Começou hoje a segunda divisão e nós temos alguns números para si.

Não falamos em estatísticas de jogo, mas sim em números como idade média das equipas, a média de anos no clube das jogadoras e ainda temos para si um 5 “benjamim” e um 5 “veterano”.

Começamos então por falar na média de idades dos planteis onde encontramos neste aspeto o Futsal Feijó com o conjunto mais jovem, fazendo uma média de 22,22 anos. A segunda equipa mais jovem é mesmo o Internacional SC com uma média de 23,94, ou seja, está até mais perto de ter 2 do que apenas 1 ano de diferença, sendo o pódio das mais jovens composto por um Carnide Clube com 24,22 de média.

No outro lado temos o Santa Clara como a equipa com uma maior média de idades com um total de 27,29 anos, mas esta não tem tanta diferença para o segundo classificado uma vez que a Casa do Benfica de Leiria segue logo com 27,07 num pódio que o Maia Futsal completa com um 26,47.

Veja a tabela com as 12 equipas ordenadas da maior para a menor média de idades:



E no que toca a anos de clubes? Quem é a equipa que manteve as suas jogadoras por mais tempo? A resposta é a mesma que quando perguntamos qual a que tem maior média de idades, é mesmo o Santa Clara.

Uma média de 5 épocas no clube para a qual muito contribuem os 12 anos de Sara Carvalho, os 11 de Cláudia Oliveira ou mesmo os 9 de Sónia Dias, sendo que tanto no Santa Clara como nas restantes equipas apenas contamos as temporadas realizadas até 2019/20, não sendo ainda somada a temporada atual.

O Carnide segue no pódio com um 4,33 de média, neste que é o conjunto que conta com a jogadora que tem mais anos num clube desta segunda divisão. Falamos de Marta Faria que soma 15 temporadas neste clube das 17 que tem como federada, ela que chegou ao clube com apenas 11 anos. Já para completar o pódio aparece o EDC Gondomar com um 4,18 sendo que neste conjunto está a jogadora que poderia ter uma marca igual à de Marta Faria, a experiente Capu que como na passada temporada esteve sem competir soma apenas 14 anos como federada no clube.

 Olhando para o outro lado da tabela, o Maia Futsal com uma média inferior a um ano é a equipa em que as jogadoras representaram menos tempo o clube, algo justificável por ser um projeto recente com bastantes alterações na passada temporada. O Maia Futsal é seguido pelo Macedense que tem 1,2 de média, mas que tem um conjunto com várias jogadoras a jogar juntas há bastantes anos, mas que representavam o Pioneiros até 2018/19, enquanto o CB Leiria completa o pódio com uma média de 2,13.

Veja a tabela de média de anos no clube ordenada da equipa com maior para a menor média:

  


E agora a título de curiosidade, quem serão as jogadoras mais jovens e as mais veteranas? E os treinadores quais serão? É isso a que quisemos responder.

No 5 Benjamim temos então na baliza a jovem Estrela Alves. Nascida a 26 de Janeiro de 2005 a guarda-redes juvenil de primeiro ano do EDC Gondomar que é uma das três opções na baliza deste conjunto.

Numa posição mais recuada colocámos a universal Inês Silva que é mesmo a jogadora mais jovem deste Campeonato Nacional de 2ª Divisão. Também ela juvenil de primeiro ano, naceu a 12 de Julho de 2005, uns meses depois de Estrela que lhe garantem esse estatuto.

Numa das Alas temos Laura Brandão que tal como Inês Silva representa o Futsal Feijó, o tal conjunto mais jovem desta 2ª Divisão. Nascida a 25 de Julho de 2004, Laura tornou-se cara habitual nas seleções jovens portuguesas, também acompanhada pela colega Inês.

Na outra ala aparece a contratação mais jovem desta 2ª Divisão. Maria João Silva trocou este verão o AD Serpinense pela Académica, clube que agora representa então neste segundo escalão onde é uma das 5 mais jovens da competição.

Para completar o 5 benjamim temos então Sara Almendra. A jovem pivot do GD Macedense conta também com 16 anos como as duas alas. Sara é de resto a mais velha deste 5 uma vez que nasceu a 23 de Março de 2004.

Já quanto ao treinador temos Diogo Peres como o mais jovem. O treinador do Carnide Clube soma 29 primaveras, batendo assim por apenas um ano o segundo mais jovem Rui Filipe Cunha do Tebosa. Nascido a 19 de Agosto de 1991, é então o mais jovem numa lista que na terceira posição aparece Diana Filipa Dias, uma das duas treinadoras deste campeonato.

 


Já no que diz respeito ao 5 veterano, existe também uma equipa que conta com duas jogadoras e uma equipa em que para além duma jogadora vê também o seu treinador nesta lista. De quem falamos? É isso que vamos ver.

Começamos pela baliza precisamente com a jogadora mais veterana deste Campeonato. A guarda-redes Tânia Arsénio, também conhecida por Pitucha nasceu a 17 de Julho de 1979, sendo mesmo a única a nascer antes de 1980.

Na posição mais recuada temos novamente uma universal, desta feita do GD Macedense, conjunto que é representado tanto neste 5 veterano como no 5 benjamim. A capitã Sofia Miguel que há poucos anos esteve no Campeonato Nacional, soma 35 anos. Nascida a 1 de Maio de 1985 é a quinta mais velha deste Campeonato.

Sofia Miguel era a quinta mais velha e Susana Santos ou Susaninha até é mais nova que Sofia mas entra igualmente neste 5 uma vez que estas duas são mais novas que Diana Abade com 36, mas sendo essa guarda-redes acabou por ficar de fora deste 5. Susana nasceu também em 1985, mais precisamente a 19 de Outubro e junta-se a Pitucha como as duas jogadoras do Paulenses nesta equipa.

Na outra ala está Rita Couto. Rita que era uma das figuras das Águias de Santa Marta que subiu e depois se manteve no principal escalão do futsal feminino nacional, mudou-se o ano passado para este Maia Futsal e nascida a 9 de Janeiro de 1982 é então a aniversariante do dia, completando 39 primaveras.

O quinteto é completo por Cláudia Oliveira. A pivot do Santa Clara é então das jogadoras de frente a mais veterana, e a segunda no geral só atrás de Pitucha. Nascida a 14 de Junho de 1980 ela que é um dos ícones pela longevidade nesta equipa sendo mesmo a segunda que mais épocas representou este conjunto, completa então o 5 veterano onde seria orientada pelo seu treinador.

Falamos de Domingos Machado. O Técnico de 57 anos é mesmo o mais veterano dos 12 em competição. Nascido a 25 de Abril de 1963, conta mais 6 que o principal perseguidor Pedro Alves que tem já 52 porque festejou o aniversário dia 5 deste mês.