Erick "vamos procurar o que nos interessa que é só a vitória"



 O universal da Equipa das Quinas prefere não olhar para as contas do grupo, apontando a duas vitórias diante da República Checa. 

A Equipa das Quinas encara estes dois jogos com o objetivo de somar seis pontos e dar assim passos decisivos rumo a mais um Europeu, de forma a poder defender o título alcançado em 2018, na Eslovénia.

“Os objetivos da Seleção são os mesmos de sempre. Ganhar, ganhar bem, com coesão e um espírito de equipa bom. Neste caso queremos os seis pontos contra a República Checa.”, começou por dizer, Erick ao FPF.pt

Portugal vai jogar as duas partidas na Atlas Arena, em Lodz, a 6 e a 9 de março, quando estavam inicialmente agendadas para os dias 5 e 10, em Porto Salvo e em Praga, respetivamente. Esse facto não é encarado como uma desvantagem pelo universal.

“O que à partida poderia ser encarado como uma desvantagem, afinal vamos jogar num campo que também já conhecemos. Diante da República Checa isso é uma vantagem, pois não vamos jogar lá num campo que ainda não conhecemos. Obviamente que não jogarmos em casa pode ser diferente, pela condicionante de termos de viajar, mas eu acho que é sempre preferível olhar para o outro lado da moeda e acho que nos pode trazer algumas vantagens e vamos ter de saber lidar com elas.”

Erick não quer olhar às contas do Grupo 8, preferindo apenas e só apontar ao triunfo nestes dois jogos.

“Obviamente que se nós fizermos algumas contas, podemos sempre passar sem ganhar os dois jogos, mas sé isso que nós queremos e se é isso nós vamos fazer? Obviamente que não. Se nós precisamos de garantir a vitória para passar tranquilamente e porque temos uma Seleção capaz para isso, então nós vamos procurar o que nos interessa que é só a vitória:”

O internacional luso diz sentir a equipa “bem” e que esta cada vez mais entrosado. “Obviamente se o espírito de equipa estiver bem e estivermos interligados, torna-se tudo muito mais fácil dentro de campo”, registou.

Erick estreou-se ao serviço da Seleção A após o Euro-2018, a 3 de abril de 2018 diante da Sérvia, e desde então tem marcado presença regular nas escolhas de Jorge Braz, somando já 19 jogos na equipa principal. A 1 de abril de 2018, aquando da concentração para os jogos com a Sérvia, o fpf.pt falou com o universal que dava conta de que não queria que essa chamada fosse apenas “um feito episódico”. 

“Costumo dizer que ninguém tem um espaço garantido aqui, porque todos são atletas muito capacitados – mesmo os que não vêm e poderiam cá estar. De qualquer maneira, o segredo para mim é estar sempre 100 por cento focado e tentar ajudar os meus colegas quando vou para dentro de campo.”

Vídeos
Os melhores golos da jornada 28 da Liga Placard
Os melhores golos da Taça da Liga de Futsal Feminino - 2021
Condestáveis recebidas em festa
Os melhores golos da Taça da Liga de Futsal - 2021
Resumo da Final Feminina da Taça da Liga | Nun'Álvares 2-4 SL Benfica
Resumo da final da Taça da Liga | Sporting CP 6-2 SL Benfica
Melhores Golos da 9ª Jornada do Apuramento de Campeão
Os melhores golos da Jornada 27 da Liga Placard Futsal
Os melhores golos da Jornada 26 da Liga Placard Futsal
Retratos da Pandemia | Reportagem RTP
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial Politica Privacidade