André Coelho "Todos esses êxitos são passados. Neste momento, não contam para nada e começamos do zero outra vez"



O internacional português de futsal André Coelho afirmou hoje que a seleção portuguesa, atual campeã mundial e europeia, vai começar “do zero” no Europeu de 2022, nos Países Baixos, em declarações ao site oficial da Federação Portuguesa de Futebol.

“Sinto-me, mais uma vez, feliz e privilegiado. Sentimos que cada vez que vimos aqui é como se fosse a primeira vez. Todos esses êxitos são passados. Neste momento, não contam para nada e começamos do zero outra vez”, disse, referindo-se aos títulos planetário (Lituânia2021) e continental (Eslovénia2018).

A ‘equipa das quinas’ continuou os treinos de preparação para o Euro2022, no pavilhão de Rio Maior, hoje, pela primeira vez, com 14 jogadores: Bruno Coelho e Zicky juntaram-se na terça-feira ao grupo, após recuperações da infeção com o coronavírus. Miguel Ângelo, que rendeu o lesionado Cardinal, chegou à concentração nacional na noite de terça-feira.

“Estou aqui 100% motivado para ir em busca dos objetivos coletivos, que será sempre o mais importante. Defender a nossa seleção, desempenhar bem o meu papel. Sou mais um que está aqui para ajudar a seleção a triunfar”, prometeu o fixo, que representa o FC Barcelona.

O Europeu2022 de futsal disputa-se em Amesterdão e Groningen, entre 19 de janeiro a 06 de fevereiro, com 16 seleções divididas em quatro grupos. Os dois primeiros classificados de cada grupo qualificam-se para os quartos de final.

Portugal está integrado no Grupo A, juntamente com os anfitriões, a Sérvia e a Ucrânia, tendo estreia marcada para 19 de janeiro, diante dos sérvios, antes de defrontar os Países Baixos, em 23, e a Ucrânia, em 28.

Até à partida para o Europeu, agendada para 16 de janeiro, a seleção nacional vai realizar dois jogos de preparação, em Rio Maior, ambos diante da Macedónia do Norte, na quinta e sexta-feira, respetivamente, às 21:00 e às 18:45.

Vídeos
À lei da bomba (e de Guitta)
Jorge Braz: "Um jogo onde desde o início demonstrámos uma ambição gigantesca para vencer"
Jorge Braz quer Portugal focado em si mesmo frente à Tailândia
Ricardinho: "Os favoritos são sempre os mesmos. Vamos tentar intrometer-nos nesse lote"
Jorge Braz "É muito difícil e vai ser cada vez mais mas gostamos de coisas difíceis e é para a final que apontamos"
Nuno Dias analisa Sporting CP no arranque da temporada 2021/2022
Pulpis analisa SL Benfica no arranque da temporada 2021/2022
Jorge Braz anuncia convocados para o Mundial da Lituânia
Cascavel faz 3 golos em inferioridade numérica.
Jorge Braz analisa grupo de Portugal no Mundial 2021
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial Politica Privacidade