Trinta jogos oficiais sem perder



Desde o Mundial de 2016 que a Seleção Nacional de futsal não sabe o que é perder em jogos de qualificação ou em fases finais.

A Seleção Nacional de futsal somou o seu segundo triunfo consecutivo na fase de grupos do Euro-2022 no último domingo, diante dos Países Baixos, e desde o Mundial de 2016, disputado na Colômbia, que não perde em jogos oficiais.

A última vez que a Equipa das Quinas perdeu um jogo oficial, em 40 ou em 50 minutos (no caso de ter ido a prolongamento), foi na partida das meias-finais do Campeonato do Mundo Colômbia 2016, diante da Argentina, a 28 de setembro de 2016 (recorda-se que Portugal só perdeu o terceiro lugar do Mundial de 2016 para o Irão, no desempate por grandes penalidades).

Desde essa partida diante da seleção das Pampas que o conjunto luso soma 30 partidas oficiais sem conhecer o sabor da derrota em 40 ou 50 minutos:

- o jogo do terceiro e quarto lugar diante do Irão, no Mundial 2016 (outubro de 2016);
- três jogos de qualificação para o Euro-2018 (abril de 2017);
- cinco jogos da fase final do Euro-2018 (em janeiro e fevereiro de 2018);
- três jogos da fase principal de qualificação para o Mundial-2021 (em setembro de 2019);
- três jogos da ronda de elite de qualificação para o Mundial-2021 (em janeiro e fevereiro de 2020);
- seis jogos de qualificação para o Euro-2022 (em fevereiro, março e abril de 2021);
- sete jogos no Mundial-2021 (setembro e outubro de 2021);
- dois jogos no Euro-2022 (janeiro de 2022).

Portugal volta a jogar a 28 de janeiro. Nesse dia em que joga contra a Ucrânia a terceira partida da fase de grupos do Euro-2022, a Equipa das Quinas completará precisamente cinco anos e quatro meses (1948 dias) de invencibilidade em jogos oficiais.


Vídeos
Os melhores golos da Jornada 21 da Liga Placard
À lei da bomba (e de Guitta)
Jorge Braz: "Um jogo onde desde o início demonstrámos uma ambição gigantesca para vencer"
Jorge Braz quer Portugal focado em si mesmo frente à Tailândia
Ricardinho: "Os favoritos são sempre os mesmos. Vamos tentar intrometer-nos nesse lote"
Jorge Braz "É muito difícil e vai ser cada vez mais mas gostamos de coisas difíceis e é para a final que apontamos"
Nuno Dias analisa Sporting CP no arranque da temporada 2021/2022
Pulpis analisa SL Benfica no arranque da temporada 2021/2022
Jorge Braz anuncia convocados para o Mundial da Lituânia
Cascavel faz 3 golos em inferioridade numérica.
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial Politica Privacidade