Kalê reforça SL Benfica.



Claucieli Aparecida da Silva, mais conhecida por Kalê no mundo do futsal, é a mais recente contratação do futsal feminino do Benfica. Aos 31 anos (04.03.1990), a pivô, que vai envergar o número 77, tem nas águias a segunda experiência na Europa após a passagem pelo campeonato italiano.
O novo rosto da equipa feminina teve oportunidade de visitar o Museu Benfica – Cosme Damião, que a deixou impressionada, porém, já conhecia a "grandeza do Clube" e agora só pensa em "conquistar" e "ser muito feliz".

"Acompanho o futebol europeu, logo acompanho o Benfica. Aceitei a proposta pela grandeza do Clube e espero conquistar várias coisas aqui e ser muito feliz. É incrível e uma sensação única [a visita ao Museu Benfica – Cosme Damião]. Já acompanhava o Benfica através da televisão, mas poder viver o Clube agora é um sonho", começou por revelar Kalê, à BTV.

A pivô foi seis vezes campeã Paranaense (2009, 2010, 2013, 2014, 2016 e 2017), três vezes campeã Universitária Paranaense (2012, 2014 e 2015), duas vezes campeã dos Jogos Abertos do Paraná Divisão A (2011 e 2014), duas vezes campeã dos Jogos Abertos do Paraná Divisão B (2010 e 2014), Campeã dos Jogos da Juventude do Paraná Divisão B (2007), Campeã dos Jogos Universitários Brasileiros 2.ª Divisão (2014), Campeã da Copa Paraná (2014), Campeã do Campeonato Mineiro (2012), Campeã dos Jogos de Minas Divisão A (2012), quatro vezes campeã da Taça TV Tem em São Paulo (2013, 2014, 2016 e 2017), duas vezes campeã da Taça dos Campeões da TV Tem em São Paulo (2016 e 2017), duas vezes campeã da Taça Record em São Paulo (2013 e 2014) e Campeã da Supertaça Record em São Paulo (2014).

A futsalista tem um currículo muito rico, com várias conquistas nacionais e estaduais, como sénior ou na formação. Chega a uma formação vitoriosa, e Kalê quer dar continuidade aos sucessos.

"Pretendo dar continuidade na conquista de títulos. Espero que sejamos Penta este ano. Conto encontrar muita alegria e muita amizade no balneário", desejou.

Para além do Brasil e de Portugal, a canarinha já alinhou em Itália, onde representou o Royal Team Lamezia em 2018/19 e o CF Pelleterie em 2019/20. Kalê explicou as diferenças do futsal europeu para o brasileiro.

"Em Itália e na Europa, o futsal é mais físico. Vou tentar ajudar nesta forma, tentando ganhar todas as bolas e criar condições para que as minhas colegas também me ajudem", apontou.

Na hora da chegada à Luz, Kalê apresentou-se aos Benfiquistas e revelou o que podem esperar dela dentro da quadra.

"Podem esperar muita raça. Sou uma jogadora que não desiste de nenhuma bola e que luta sempre pela vitória", partilhou.

foto - SL Benfica

Vídeos
Os melhores golos da Jornada 21 da Liga Placard
À lei da bomba (e de Guitta)
Jorge Braz: "Um jogo onde desde o início demonstrámos uma ambição gigantesca para vencer"
Jorge Braz quer Portugal focado em si mesmo frente à Tailândia
Ricardinho: "Os favoritos são sempre os mesmos. Vamos tentar intrometer-nos nesse lote"
Jorge Braz "É muito difícil e vai ser cada vez mais mas gostamos de coisas difíceis e é para a final que apontamos"
Nuno Dias analisa Sporting CP no arranque da temporada 2021/2022
Pulpis analisa SL Benfica no arranque da temporada 2021/2022
Jorge Braz anuncia convocados para o Mundial da Lituânia
Cascavel faz 3 golos em inferioridade numérica.
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial Politica Privacidade