Lisboa recebe Congresso da UEFA



Portugal vai acolher o 47º Congresso Ordinário da UEFA em 2023. Marcelo Rebelo de Sousa, António Costa e Carlos Moedas aplaudem decisão

Lisboa é a cidade escolhida para receber o 47º Congresso Ordinário da UEFA, um dos mais importantes eventos do mundo do futebol. O anúncio foi feito pelo Comité Executivo da UEFA durante os trabalhos que decorrem em Viena.

A reunião magna do organismo que superintende todo o futebol europeu, terá lugar a 5 de abril de 2023, em local ainda a designar, numa organização conjunta entre a FPF e a própria UEFA. Esta será a segunda vez que o evento é realizado em Portugal, depois de Lisboa ter acolhido o congresso em 1956.

O 46ª Congresso da UEFA decorre esta semana em Viena na Áustria.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, felicitou o Presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes, e o Comité Executivo da UEFA, pela decisão:

"A concretização deste importante evento em Portugal, em abril do próximo ano, constitui o reconhecimento do excelente trabalho da FPF e do seu Presidente, bem como das condições excelentes que o nosso País pode oferecer".

O Primeiro-Ministro, António Costa, congratulou a UEFA pela escolha de Lisboa como palco do seu congresso anual:

"Congratulo-me pelo facto de a UEFA ter escolhido Portugal para anfitrião de um dos eventos mais importantes do mundo do futebol. É uma escolha vencedora à partida e é com muito entusiasmo que acolheremos, no próximo ano, o 47º Congresso da UEFA. Também a FPF está de parabéns por esta conquista. Este anúncio revela, mais uma vez, que o mérito e o prestígio das cores nacionais extravasam as quatro linhas. Portugal, além de continuar a ser um dos melhores destinos turísticos do mundo e o quarto país mais seguro do mundo, continua na sua senda de vitórias não apenas no relvado, mas também na organização de grandes eventos. Cá vos esperamos em 2023!"

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas, manifestou também a sua satisfação por ser anfitrião do evento:

“É com enorme orgulho e satisfação que vejo Lisboa ser escolhida como palco de eleição para tão grande desafio. A cidade que todos elogiam e conhecem saberá, como sempre, receber de braços abertos este evento e organização de referência.

Agradeço, como presidente da Câmara Municipal de Lisboa, a escolha da cidade por parte da UEFA e recebam desde já um abraço amigo e o convite para marcarem presença em Lisboa no próximo ano"

Fernando Gomes, Presidente da FPF, reagiu ao anúncio oficial do organismo:

“É uma honra e uma responsabilidade receber o 47º Congresso Ordinário da UEFA, um evento desportivo de enorme importância no universo do futebol e do desporto mundiais. Desde já agradecemos, na pessoa do Presidente Aleksander Ceferin, a confiança depositada em nós pela UEFA e assumimos o compromisso de receber da melhor forma os congressistas que visitarão Lisboa em 2023.

Portugal tem-se assumido como um país organizador de grandes eventos – como o Campeonato da Europa, a Liga das Nações ou várias edições da Liga dos Campeões – e estamos confiantes de que estaremos, mais uma vez, à altura da tarefa.

Obrigado e bem-vindos a Lisboa!”

Vídeos
Os melhores golos da Jornada 21 da Liga Placard
À lei da bomba (e de Guitta)
Jorge Braz: "Um jogo onde desde o início demonstrámos uma ambição gigantesca para vencer"
Jorge Braz quer Portugal focado em si mesmo frente à Tailândia
Ricardinho: "Os favoritos são sempre os mesmos. Vamos tentar intrometer-nos nesse lote"
Jorge Braz "É muito difícil e vai ser cada vez mais mas gostamos de coisas difíceis e é para a final que apontamos"
Nuno Dias analisa Sporting CP no arranque da temporada 2021/2022
Pulpis analisa SL Benfica no arranque da temporada 2021/2022
Jorge Braz anuncia convocados para o Mundial da Lituânia
Cascavel faz 3 golos em inferioridade numérica.
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial Politica Privacidade