Luís Correia "Este é um grupo coeso e muito unido. Há um compromisso muito grande de todos"



Luís Correia falou ao fpf.pt e revelou grande orgulho por estar entre os eleitos: "Fui muito bem recebido por todos, já conhecia praticamente toda a equipa de outros estágios. Vim com a motivação alta para trabalhar no máximo para estar entre os 14 convocados finais. Há um espírito de entreajuda muito forte entre nós. Todos sabemos que este é um momento importante para nós", referiu.

Desafiado a revelar as suas ambições para estas semanas, o jovem foi claro: "O meu objetivo é evoluir diariamente, quero estar ao melhor nível e dar tudo para estar entre os 14 convocados. Apesar de todos termos estados ativos durante o verão, este é um momento de pré-época e todos estão a trabalhar para atingir os melhores níveis para representar Portugal da melhor forma", disse.

O guarda-redes, que vai jogar pelo AMSAC nesta temporada, deu conta da determinação da equipa: "Este é um grupo coeso e muito unido. Há um compromisso muito grande de todos. Olho para equipa e vejo um grupo muito completo, tanto a nível tático como técnico, a defender e a atacar", afirmou.

Com Bebé como Treinador Nacional a trabalhar diretamente com os guardiões, Luís Correia mostra-se orgulhoso com este privilégio: "Está a ser espetacular. É um prazer trabalhar junto de um Campeão Europeu e Mundial. Além da suas capacidades técnicas e da sua experiência, é um excelente pessoa. No fundo, sei que posso contar com ele para qualquer dúvida que tenha", concluiu.

Inserido no Grupo B do Campeonato da Europa, Portugal defronta a Polónia, França e Itália, a 4, 5 e 7 de setembro, respetivamente. O Grupo A será disputado por Espanha, Ucrânia, Croácia e Roménia. Os dois primeiros classificados de cada agrupamento seguem para as meias-finais. As meias-finais estão agendadas para 8 de setembro e a final será jogada dois dias depois.

foto - fpf.pt

Vídeos
Ricardinho em entrevista ao Goucha, na TVI
Pato: "Fizemos coisas boas, importantes, mas ainda temos de melhorar"
Nuno Dias: "Está tudo ainda muito precoce"
Jesus Velasco: "A diferença esteve na definição"
Os melhores golos da Jornada 21 da Liga Placard
À lei da bomba (e de Guitta)
Jorge Braz: "Um jogo onde desde o início demonstrámos uma ambição gigantesca para vencer"
Jorge Braz quer Portugal focado em si mesmo frente à Tailândia
Ricardinho: "Os favoritos são sempre os mesmos. Vamos tentar intrometer-nos nesse lote"
Jorge Braz "É muito difícil e vai ser cada vez mais mas gostamos de coisas difíceis e é para a final que apontamos"
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial Politica Privacidade