Fede Vidal, Jorge Braz e Massimiliano Bellarte dão os últimos retoques ao 'III Congresso Internacional de Treinadores de Futsal da RFEF'



Fede Vidal, Jorge Braz e Massimiliano Bellarte dão os últimos retoques ao 'III Congresso Internacional de Treinadores de Futsal da RFEF'

No culminar dos dois dias de treino anteriores, em que se conjugaram apresentações teóricas com sessões práticas em campo, foi organizada uma mesa redonda intitulada 'Ideias e evolução no jogo ofensivo no futsal' na qual participaram os três seleccionadores europeus. presentes: Fede Vidal (Espanha), Jorge Braz (Portugal) e Massimiliano Bellarte (Itália).

Diante de um público muito atento e participativo, os treinadores abordaram vários aspetos do jogo, trabalhando com os jogadores em fase de formação, gestão, o próximo Mundial de Futsal da FIFA... incitando os presentes a refletir, a serem críticos ao considerar diferentes pontos de visão, além de mostrar a importância que o treinador tem nas pessoas que praticam futsal. Tudo, com um único objetivo: ajudar esse o desporto a crescer.

“Queremos que o futsal tenha cada vez mais relevância social, esse é um dos principais objetivos do nosso país, Portugal, não só nos meios de comunicação social, mas que as pessoas se identifiquem com ele e se sintam entusiasmadas em aprender sobre o Futsal”, afirmou. Jorge Braz, antes de referir que “para construir o jogador do futuro, em alguns processos, vencer não é o mais importante. Por exemplo, uma criança que perde uma bola porque arriscou um passe, mas sua intenção foi boa, vou ajudá-la a fazer bem o próximo passe para conseguir essa vantagem, mas não vou criticá-la pela perda. O problema é que muitas vezes vemos apenas o resultado final sem ver o processo. E com crianças temos que ser pais.”

Fede Vidal, por seu lado, fez referência ao facto de “a nível de treino considero que o mais importante é trabalhar a tática individual, de grupo e coletiva”, além de se referir à forma como os guarda-redes têm evoluído no jogo : “Eles melhoraram muito, fazer golo é muito mais complicado hoje do que era anos atrás.” Outro aspeto que focou o debate prendeu-se com a criatividade do jogador, ao que o selecionador da seleção espanhola afirmou que “nós treinadores devemos incentivar e organizar a criatividade do jogador, mas nunca limitá-la. Devemos encorajar a amplitude criativa.”

Por sua vez, o treinador Massimiliano Bellarte sublinhou que “tudo deve estar relacionado com a procura do golo”. A seguir, o treinador deixou uma das principais reflexões do dia: “A ética de um jogador é obedecer a tudo o que não é obrigatório, daí vem a ética da colaboração, do comportamento... que o leva a poder melhorar " .

Vídeos
Os melhores golos do Jogo 1 Quartos de Final da Liga Feminina Placard
Os melhores golos da Jornada 20 da Liga Placard Futsal
Os melhores golos da Jornada 22 da Liga Feminina Placard
Os melhores golos da jornada 19 da Liga Placard de Futsal
Os melhores golos da Jornada 18 da Liga Placard Futsal
Os melhores golos da Jornada 17 da Liga Placard
Os melhores golos da jornada 21 da Liga Feminina Placard
Os melhores golos da Jornada 20 da Liga Feminina Placard Futsal
Os melhores golos da Jornada 16 da Liga Placard de Futsal
Joel Rocha: "porque é uma paixão, não é uma profissão... corre-me no sangue, corre-me nas veias"
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial Politica Privacidade